mitos chatbot mitos chatbot

6 mitos sobre chatbots com Inteligência Artificial

Por PEOPLE Plataforma de Atendimento

01 fevereiro 2022 - 09:00 | Atualizado em 14 janeiro 2022 - 17:19

Com a popularização dos chatbots com inteligência artificial e a transformação que eles oferecem, é normal surgirem alguns mitos sobre essa tecnologia.

Por isso, hoje vamos explicar quais são os principais mitos e, porque esse tipo de informação não tem consistência.

Confira:

 

1 – Os chatbots não precisam de humanos

Mito. Os chatbots, por mais inteligentes que eles possam se tornar, eles necessitam da supervisão dos humanos. Até porque, são os humanos que monitoram o funcionamento do bot e fazem as devidas correções.

Outro ponto é que, quando o chatbot não consegue responder ou solucionar o problema, o atendimento vai para os humanos, para entender a demanda e resolvê-la da melhor forma. 

 

2 – A inteligência do chatbot é limitada

Existem 2 tipos de chatbots: simples (de regras) e com Inteligência Artificial. Desse modo, os bots simples possuem, sim, inteligência limitada. Porém, os chatbots que possuem IA e são baseados em Processamento de Linguagem Natural (PLN) conseguem aprender cada vez com suas experiências, tornando sua inteligência ilimitada.

Entretanto, tem alguns bots que não usam a verdadeira PNL ou não sabem programá-la. Assim, uma má fama é gerada, infelizmente. Por isso, se você for contratar um chatbot com IA, pesquise bem a empresa e avalie se os benefícios do bot vão de encontro com as necessidades da sua empresa.   

 

3 – Os chatbots com Inteligência Artificial não guardam histórico de conversas anteriores 

Mito! Atualmente, com o uso da Inteligência Artificial, os chatbots conseguem guardar informações dos atendimentos passados e assim, em atendimentos futuros, ele age de acordo com o histórico do cliente.  

Ou seja, se você fala hoje com um chatbot e mês que vem entra em contato para comprar um produto, responder uma dúvida ou rastrear uma compra, ele vai se lembrar de você. 

Pois, o chatbot armazena as informações do perfil do cliente e não só oferece um serviço personalizado, como consegue sugerir e recomendar serviços ou produtos semelhantes aos que você procurou/comprou.

Lembrando que, todo esse histórico deve ser feito com base na LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) e ter a autorização do cliente/usuário.

 

4 – Os chatbots não conseguem identificar o sentimento

Pautado por filmes de ficção científica, esse mito é bastante difundido. Porém, com a IA o chatbot consegue detectar graus de sentimentos através do uso de palavras-chave. 

Desse modo, com a ajuda do Machine Learning, a cada atendimento ele vai aprendendo mais sobre sentimentos e assim, vai se tornando expert em detectar emoções.

É claro que um bot não é igual a um humano, mas ele consegue responder de maneira empática, tranquilizar usuários irritados e entender alguns tipos de ironia.  

 

5 – Chatbots apenas respondem os clientes de forma automática

Quando surgiu os primeiros chatbot, as tarefas que eles realizavam eram limitadas e mecânicas. Porém, hoje em dia, as funcionalidades são inúmeras.

Como: rastreamento de entrega de produtos, detecção de sentimentos, atendimento personalizado e mais humanizado, possibilidade de conversa contínua, atendimento omnichannel e por aí vai.

Para cada setor, existem funcionalidades diferentes em que os chatbot podem atuar. Desse modo, dizer que eles apenas respondem os usuários de forma automática é ter uma ideia primitiva do potencial dos chatbots no mercado atual. 

 

6 – Todas as empresas que oferecem chatbot são iguais 

Mito. Como mostramos acima, existe um modelo de chatbot para cada mercado. Ou seja, um chatbot para e-commerce tem funcionalidades diferentes de um para varejo, por exemplo.

Além disso, há empresas que oferecem mais tecnologia em seus bots e outras não. Por isso, antes de contratar uma, fazer uma pesquisa é importante.

Considere o seu mercado e em quais setores o chatbot pode te ajudar a otimizar processos e oferecer um atendimento digital de qualidade para seus clientes.

Pronto! Agora que você sabe os principais mitos que giram em torno dos chatbots, conheça o PEOPLE!

O PEOPLE é uma plataforma de comunicação com inteligência artificial desenvolvida pela Cedro Technologies. Ele possibilita um atendimento multicanal com eficiência, assertividade e não importa onde o cliente esteja: Facebook, WhatsApp, Microsoft Teams, Workplace ou site.

Além disso, ele também utiliza o machine learning e Processamento de Linguagem Natural (PLN).

Clique aqui e saiba mais sobre o PEOPLE.

Por PEOPLE Plataforma de Atendimento

01 fevereiro 2022 - 09:00 | Atualizado em 14 janeiro 2022 - 17:19

Recomendadas para você

kpis-para-chatbots

7 KPIs para chatbots: saiba como mensurar o sucesso do bot

23 junho 2022 - 13:30
inteligência artificial e saúde

Inteligência artificial e saúde: como os chatbots podem ajudar

25 março 2021 - 09:00
fila de atendimento

Descubra reduzir a fila de atendimento no seu suporte

31 agosto 2021 - 09:00

Quer revolucionar o atendimento da sua empresa?
Fale com um dos nossos especialistas!

Nosso time é altamente qualificado e está sempre disposto a apresentar nossa solução e tirar dúvidas.