assistente virtual o que é assistente virtual o que é

Assistente virtual: o que é, importância e como criar uma

Por Thamara Araujo

02 setembro 2021 - 09:00 | Atualizado em 02 setembro 2021 - 14:45

Você já pensou em criar a sua assistente virtual? Provavelmente, você já interagiu ou utilizou uma assistente virtual alguma vez. Seja em e-commerces – como a Lu, da Magalu – ou em casa, como a Siri da Apple.

Mas é possível perceber que, apesar dessa tecnologia já estar presente em nossas vidas há algum tempo, hoje essas ferramentas são muito mais desenvolvidas e modernas. Principalmente, por conta da automatização, que permite uma super integração de canais a partir de um único dispositivo.

No entanto, apesar de ser um fator vantajoso, esse não é o único motivo pelo qual cada vez mais empresas estão criando sua própria assistente virtual. 

Quer saber mais sobre essa tecnologia e descobrir as razões pelas quais ela está em alta hoje em dia? Acompanhe o artigo até o final.

 

O que é assistente virtual?

De forma simples, uma assistente virtual é um software que realiza ações solicitadas por meio do comando de voz. Os mais conhecidos mundialmente são a Siri, da Apple, a Alexa, da Amazon, e a assistente do Google.

No entanto, os exemplos citados são relativamente simples. Hoje, graças ao machine learning, a tecnologia avançou e, além de responder perguntas, uma assistente virtual é capaz de realizar todo o atendimento ao cliente sem necessitar do auxílio humano em boa parte dos casos.

 

O crescimento da assistente virtual

Segundo dados da Ilumeo, em 2020 o uso de serviços ou produtos com assistente virtual por voz no País cresceu 47%. A pesquisa também apontou que 48% dos entrevistados já utilizam a tecnologia ao menos uma vez na semana e aproximadamente 20% deles afirmaram usar a inovação diariamente.

O relatório também indicou que 63% consideram o uso da tecnologia comum, o que mostra que a assistente virtual já é bem comum na rotina dos brasileiros.

Entre os fatores que contribuem para todo esse sucesso, está a “humanização” da inteligência artificial. Isso porque, atualmente, apenas atender o desejo dos consumidores não é mais suficiente. 

Nesse sentido, é preciso que a comunicação seja o mais natural possível, para que o cliente se sinta confortável. 

Dois bons exemplos de assistentes virtuais que já se adequaram a essas exigências são a Lu, do Magazine Luiza, e a Dai, da Dailus.

A Lu, que está no mercado há mais tempo (4 anos), já entrega resultados excelentes para a empresa. Apenas no primeiro semestre do último ano, foram em média 1,4 milhão de atendimentos, sendo que 20% são resolvidos na primeira interação e 60% dos clientes não entram em contato com o SAC, após falar com a assistente virtual.

Já a Dai, da Dailus, causou um grande impacto na marca, que tinha o objetivo de se conectar mais com a geração Z e, de fato, conseguiu. Fora dos padrões até então observados nas assistentes virtuais já criadas, a Dai é gorda, tem cabelo colorido e muitas tatuagens. 

Toda essa caracterização, aliada com a tecnologia de machine learning, auxilia as empresas a criarem uma forte identificação com o público e a tornar as conversas cada vez mais fluidas, ágeis e efetivas.

 

A importância da assistente virtual para as empresas

O estudo feito pela Ilumeo ainda revelou outro dado interessante sobre a importância da assistente virtual para as empresas. Na pesquisa, 70% dos participantes afirmaram perceber mais força em empresas que dispõem de serviços e produtos dotados por essa tecnologia.

Ou seja, é possível concluir que as organizações que estão investindo na criação de suas próprias assistentes virtuais, além de otimizarem suas centrais de relacionamento, também adquirem fortalecimento de marca. 

Mas estes não são os únicos benefícios de contar com essa tecnologia. Nesse sentido, outras vantagens são:

  • Diminuição de custos com equipe de atendimento e com as ligações na central;
  • Redução no tempo de espera;
  • Aprimoramento da experiência do usuário com o atendimento personalizado e humanizado;
  • Atendimento omnichannel: atendimento 24 horas, 7 dias por semana em diferentes canais;
  • Aumento da produtividade e da capacidade de atendimento, já que uma assistente virtual consegue administrar mais de uma conversa em simultâneo. 

Além desses benefícios mencionados, ao automatizar a maioria das interações, os seus colaboradores estarão livres para elaborar estratégias que estimulem o crescimento da sua empresa perante o mercado.

Então, quer saber como criar uma assistente virtual? Confira as nossas dicas a seguir.

 

Dicas para criação de assistente virtual

A criação de assistentes virtuais é um processo que demanda muita criatividade e conhecimento profundo sobre a marca e como a empresa deseja se relacionar com o público.

Por isso, é preciso definir um tom de voz adequado e um jeito de falar específico, que ficarão marcados na cabeça do consumidor. 

Depois dessa fase, é hora de reunir a equipe para fazer um brainstorm em relação à aparência da assistente virtual. É preciso determinar toda a aparência física, incluindo formato do corpo, cor da pele, cabelos, olhos, dentre outras características. 

Não se esqueça de que a aparência dela vai influenciar no modo como o público enxerga a sua marca. 

Então, é hora de definir um nome. Geralmente o nome atribuído não se diferencia muito do nome da empresa, como é o caso da Lu, do Magazine Luiza, e da Dai, da Dailus. Mas nada impede dar nomes completamente desconexos às assistentes virtuais. Por exemplo, a Amazon tem a Alexa, enquanto a Apple tem a Siri.

O fator mais importante mesmo é contar com uma ferramenta que otimize os seus processos internos, melhore a experiência com a criação de chatbots e assistentes virtuais, e forneça o atendimento humanizado que todo cliente deseja atualmente.

Quer saber mais sobre essa solução? Conheça a Plataforma de comunicação, PEOPLE, da Cedro Technologies.

Por Thamara Araujo

02 setembro 2021 - 09:00 | Atualizado em 02 setembro 2021 - 14:45

Recomendadas para você

Conheça a integração entre o PEOPLE e o WhatsApp

27 janeiro 2022 - 09:00
up selling e atendimento ao cliente

Up selling e cross selling: como o atendimento influencia nessas estratégias?

10 março 2022 - 09:00
integração de processos

Plataforma de atendimento e a integração de processos

04 janeiro 2022 - 09:00

Quer revolucionar o atendimento da sua empresa?
Fale com um dos nossos especialistas!

Nosso time é altamente qualificado e está sempre disposto a apresentar nossa solução e tirar dúvidas.